Canção da vindima.

Clic en la imagen para escuchar el midi.



Não se me dá que vindimem,
vinhas que eu já vindimei;
não se me dá que outros logrem,
ai amores que eu rejeitei.
Não se me dá que outros logrem,
ai amores que eu rejeitei.

Fui um ano à vindima,
pagaram-me a trinta réis;
dei um vintém ao barqueiro,
ai, fui pra casa com dez réis.
Dei um vintém ao barqueiro,
ai, fui pra casa com dez réis.

Pela folha da videira,
conheço eu a latada;
faço-me desatendida,
ai, a mim não me escapa nada.
Faço-me desatendida,
ai, a mim não me escapa nada.

Estou debaixo da latada,
nem à sombra, nem ao sol;
estou ao pé do meu amor,
ai, não há regalo maior.
Estou ao pé do meu amor,
ai, não há regalo maior.



Te dejo este audio cantado por el coro sinfónico de Lisboa.


Puedes descargar la partitura haciendo clic AQUÍ.





Para poder escuchar los midis clic en cada voz.





Comentarios

Entradas populares de este blog

Aurtxoa seaskan.

Gobbo so pare.

Zorongo.